Dicas

Nota fiscal paulista o que é, benefícios, consulta, saldo e créditos

Nota fiscal paulista o que é, benefícios, consulta, saldo e créditos
5 (100%) 1 voto Gostou Do Artigo?Deixe Seu Voto

Em todos os estabelecimentos que compramos é comum receber a pergunta se desejamos a nota fiscal paulista. Esta pergunta é cada vez mais comum aos consumidores no estado de São Paulo, mas nem todos sabem exatamente o que responder ao ser questionado pelo caixa do estabelecimento.

Entenda mais sobre a nota fiscal paulista

A nota fiscal paulista esta em vigor desde 1º de outubro de 2007, mas muitos paulistas não sabem como e nem por que participar. A nota fiscal paulista oferece ao consumidor vários descontos e benefícios,isto foi criado para estimular os consumidores a exigirem a nota fiscal na hora da compra, o governo oferece créditos, que poderão ser usados de diversas formas entre elas a redução no valor do IPVA, crédito em conta corrente, depósito em cartão de crédito ou mesmo transferir os créditos para outra pessoa.

A nota fiscal paulista  devolve 30% do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) pago pelos consumidores no Estado, gerou de outubro a dezembro do ano passado R$ 770 mil em créditos para serem distribuídos,nesse mesmo período, foram processados mais de 23,4 milhões de documentos fiscais com CPF ou CNPJ.De acordo com a Secretaria da Fazenda, o valor médio dos créditos por documento fiscal foi de R$ 1,50 e o maior crédito para pessoa física atingiu R$ 1.223,44.Para participar dos benefícios da nota fiscal paulista  consumidor deve informar ao prestador de serviço o seu CPF ou CNPJ (em caso de empresa) e pedir a nota fiscal ou nota fiscal on line (documento emitido e armazenado eletronicamente no sistema da Secretaria da Fazenda.

Para ter direito as créditos oferecido pela nota fiscal paulista, o consumidor deve, obrigatoriamente, cadastrar-se no site da Secretaria da Fazenda de São Paulo. Para isso, basta acessar o endereço eletrônico, clicar em “acesso ao programa” ao lado esquerdo da tela e preencher um pequeno questionário com o número de seu CPF, nome completo e CEP.

nota fiscal paulista

Foto:Divulgação/Pixabay

No site é possível acompanhar  os lançamentos feitos pelos lojistas que têm até 10 dias para fazer essa transmissão, no caso de notas comuns e verificar qual a situação de suas notas fiscais. O vendedor, que não registrar a compra no sistema da loja e emitir a nota fiscal ou gerar a nota fiscal on line no site da Secretaria da Fazenda, estará sujeito à multa de R$ 500 por documento não registrado.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.